In Nova

Notícias

A Prefeitura de Santo André e a Caixa Econômica Federal apresentam no próximo dia 17, quinta-feira, as linhas de crédito fornecidas para as empresas da cadeia automotiva. Estarão presentes no evento o prefeito de Santo André Carlos Grana e o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores Luiz Moan Yabiku Junior.

A Caixa firmou convênio com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) no último dia 18, para apoiar o setor automotivo. O convênio prevê ações para contribuir com o desenvolvimento do setor e sua cadeia produtiva.

A CAIXA vai oferecer condições especiais nas linhas de capital de giro e investimento, além de condições diferenciadas em linhas de crédito e outros produtos e serviços do banco, beneficiando das micro às grandes empresas. O objetivo é contribuir para a melhoria do fluxo de caixa das empresas e fornecedores do setor, auxiliando no pagamento de despesas, salários, tributos e reposição de estoques.

Condições diferenciadas:

A CAIXA disponibiliza linhas de crédito para antecipação de contratos firmados entre o fornecedor e a montadora ou sistemista. Assim, o fornecedor poderá suprir sua necessidade de capital de giro com garantia do próprio contrato que já firmou, antecipando recursos para auxiliar na gestão de seu fluxo financeiro.

Os fornecedores das empresas associadas terão à sua disposição linhas de crédito para capital de giro e investimento com condições especialmente formatadas para o setor. Com taxas de juros a partir de 0,83% a.m., as linhas de capital de giro oferecidas têm prazo de 60 meses e carência de até 6 meses para o início do pagamento das prestações. Assim, as empresas fornecedoras podem se programar para o aumento de despesas comum nos últimos meses do ano, como necessidade de recursos para pagamento do 13º salário de empregados, de tributos, e estocagem, dentre outros.

Além disso, a CAIXA oferece linhas de crédito do Programa Pró-Transporte para renovação de frota, com taxas de juros máximas correspondentes a TR + 9% a.a. e até 96 meses para pagar, dependendo do projeto a ser financiado. O Pró-Transporte propicia o aumento da mobilidade urbana e da acessibilidade, a qualidade dos transportes públicos coletivos e a eficiência dos prestadores de serviços, dando alcance social às aplicações do FGTS.

Outra ação contemplada pelo convênio prevê o financiamento de máquinas e equipamentos novos e usados. As taxas de juros são a partir de 1,50% a.m. + TR, com carência de até 6 meses e prazos de até 60 meses. As linhas de financiamento da CAIXA aplicam diversos tipos de funding, como FAT (PROGER) e BNDES, que possuem condições diferenciadas.

O evento acontecerá no Salão Burle Marx, às 11 horas, para participar é necessário confirmar presença através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., ou pelo telefone 11 4433-0166.

Serviço

Dia: 17/09/2015

Horário: 11h00

Local: Salão Burle Marx

Praça IV Centenário, 9º andar – Santo André - SP

Edital de Chamamento da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Santo André:

http://www2.santoandre.sp.gov.br/index.php/2014-09-10-19-59-37/publicacoes/category/70-editais

Nelis Evangelista apresentou projeto desenvolvido dentro da InNova, na Câmara de Comércio Brasil Alemanha

Desde que foi reativada no ano passado, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Santo André, a InNova, mostra resultados. O engenheiro mecânico Nelis Evangelista, é um bom exemplo do trabalho desenvolvido na cidade. Desde junho do ano passado, quando ingressou na incubadora, Nelis desenvolveu um produto na área odontológica, um torquímetro eletrônico digital, utilizado para colocação de implantes dentários. Com o desenvolvimento deste produto, o engenheiro se tornou finalista do 2º Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação. A apresentação do produto desenvolvido em Santo André ocorreu sexta-feira, na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, localizada em Santo Amaro.

O aparelho desenvolvido por Nelis serve para medir o torque (força) na colocação dos implantes. “Para a colocação das próteses se faz necessária a utilização de uma força adequada. Mais ou menos força pode trazer problemas ao paciente. O torque que se aplica é crucial para o sucesso da colocação, e com o aparelho desenvolvido de maneira digital, o profissional de odontologia pode operacionalizar a força necessária e recomendada para o sucesso da cirurgia”, apontou o engenheiro mecânico.

Dentro da inNova, Nelis passou por um processo de desenvolvimento de seu Plano de Negócios, passando por diversas consultorias que resultaram no desenvolvimento do produto final. A Incubadora Tecnológica de Santo André recebe projetos de interessados, sendo que uma das premissas para se tornar um incubado é apresentar ao mercado algo inovador ou mesmo modificando algum existente. No caso do engenheiro, a iniciativa inovadora deu espaço para a seleção do projeto para a cerimônia de entrega de premiações, que acontecerá em novembro.

“O sucesso do empreendimento de nosso incubado comprova que estamos acertando ao apostar na inovação tecnológica como caminho para o desenvolvimento econômico. Consideramos que a incubadora Innova constitui o embrião de nosso Parque Tecnológico.”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Oswana Fameli.

HISTÓRICO - As atividades da InNova foram retomadas em junho de 2013 com a assinatura de convênio de cooperação técnica entre a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC e a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Os empreendedores tem acesso à capacitação para conquista de novos mercados, incremento da qualidade dos seus produtos e serviços, inovação tecnológica e aumento da produtividade e lucratividade, além de estimular a articulação entre empresas, universidades e centros de pesquisa.

O processo de seleção é permanente e a direção da incubadora recebe as propostas durante o ano. O Conselho Consultivo, que é constituído com a participação de empresas, sindicatos, universidades e entidades empresariais, avalia as propostas e os aprovados passam por um curso de pré-incubação que ocorre duas vezes por ano. Se não houver vagas, as empresas dentro do perfil de atuação da InNova entram em uma lista de espera para ocupar o espaço. A InNova fica na Av. Artur de Queirós, 720, Bairro Casa Branca, Santo André.

Na última quinta feira (5), representantes do Sebrae, da Retece e da InNova se reuniram para falar sobre um projeto para descarte de resíduo textil que está em andamento. O objetivo do projeto é, com o manejo adequado dos resíduos, auxiliar as empresas que não têm local apropriado para o descarte, contribuindo também com o meio ambiente. 

Estiveram presentes na reunião: Dioraí Leão, Claudineia Rosa e Vilson da Costa da INNOVA, Ana Rosa e Fabiano da Retece e Aieska Marinho e Heloísa Endriukaitis do SEBRAE - SP.  

IniciarAnt12345PróxFim

Prefeitura nas Redes Sociais

Espaço aberto para informação, prestação de serviços com a população.

Pessoas Online

Temos 5 visitantes e Nenhum membro online