In Nova

Participante da Incubadora Tecnológica concorre a prêmio de inovação

Participante da Incubadora Tecnológica concorre a prêmio de inovação

Novembro 04 th

Nelis Evangelista apresentou projeto desenvolvido dentro da InNova, na Câmara de Comércio Brasil Alemanha

Desde que foi reativada no ano passado, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Santo André, a InNova, mostra resultados. O engenheiro mecânico Nelis Evangelista, é um bom exemplo do trabalho desenvolvido na cidade. Desde junho do ano passado, quando ingressou na incubadora, Nelis desenvolveu um produto na área odontológica, um torquímetro eletrônico digital, utilizado para colocação de implantes dentários. Com o desenvolvimento deste produto, o engenheiro se tornou finalista do 2º Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação. A apresentação do produto desenvolvido em Santo André ocorreu sexta-feira, na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, localizada em Santo Amaro.

O aparelho desenvolvido por Nelis serve para medir o torque (força) na colocação dos implantes. “Para a colocação das próteses se faz necessária a utilização de uma força adequada. Mais ou menos força pode trazer problemas ao paciente. O torque que se aplica é crucial para o sucesso da colocação, e com o aparelho desenvolvido de maneira digital, o profissional de odontologia pode operacionalizar a força necessária e recomendada para o sucesso da cirurgia”, apontou o engenheiro mecânico.

Dentro da inNova, Nelis passou por um processo de desenvolvimento de seu Plano de Negócios, passando por diversas consultorias que resultaram no desenvolvimento do produto final. A Incubadora Tecnológica de Santo André recebe projetos de interessados, sendo que uma das premissas para se tornar um incubado é apresentar ao mercado algo inovador ou mesmo modificando algum existente. No caso do engenheiro, a iniciativa inovadora deu espaço para a seleção do projeto para a cerimônia de entrega de premiações, que acontecerá em novembro.

“O sucesso do empreendimento de nosso incubado comprova que estamos acertando ao apostar na inovação tecnológica como caminho para o desenvolvimento econômico. Consideramos que a incubadora Innova constitui o embrião de nosso Parque Tecnológico.”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Oswana Fameli.

HISTÓRICO - As atividades da InNova foram retomadas em junho de 2013 com a assinatura de convênio de cooperação técnica entre a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC e a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Os empreendedores tem acesso à capacitação para conquista de novos mercados, incremento da qualidade dos seus produtos e serviços, inovação tecnológica e aumento da produtividade e lucratividade, além de estimular a articulação entre empresas, universidades e centros de pesquisa.

O processo de seleção é permanente e a direção da incubadora recebe as propostas durante o ano. O Conselho Consultivo, que é constituído com a participação de empresas, sindicatos, universidades e entidades empresariais, avalia as propostas e os aprovados passam por um curso de pré-incubação que ocorre duas vezes por ano. Se não houver vagas, as empresas dentro do perfil de atuação da InNova entram em uma lista de espera para ocupar o espaço. A InNova fica na Av. Artur de Queirós, 720, Bairro Casa Branca, Santo André.

Prefeitura nas Redes Sociais

Espaço aberto para informação, prestação de serviços com a população.

Pessoas Online

Temos 2 visitantes e Nenhum membro online